Badminton: Malaio segue com sina de vices e espanhola é 1a. não-asiática a levar ouro

O torneio de badminton teve um fim triste para um malaio e feliz para uma espanhola. No simples masculino Lee Chong Wei, da Malásia, amargou o terceiro vice-campeonato olímpico consecutivo. Ele também é tri-vice do Campeonato Mundial. Apesar do favoritismo, perdeu novamente para um chinês. Em Pequim-2008 e Londres-2012 seu algoz foi Lin Dan. Desta vez foi Chen Long.

chen-long-chong-wei-2008

A foto acima é do malaio e do chinês no pódio, junto com o medalhista de bronze, o dinamarquês Viktor Axelsen, que não estava entre os favoritos. 

No feminino a espanhola Carolina Marín confirmou o favoritismo e se tornou a primeira mulher não-asiática a ganhar uma medalha de ouro no badminton nas Olimpíadas.

Os chineses ainda dominam a modalidade – tiveram um desempenho melhor do que eu esperava. Faturaram duas medalhas de ouro e não uma, como eu tinha previsto. Mas é um declínio em relação a Londres, quando conquistaram todos os cinco ouros em disputa.

A grande decepção no badminton foi a Coreia do Sul. Minha previsão era de que levassem um ouro, uma prata e um bronze, tornando-se o segundo melhor país no badminton. Mas saíram do Rio só com um bronze. O posto de segundo melhor foi do Japão, com um ouro e um bronze.

Meu percentual de acertos no badminton foi ruim: 13,3% de resultados e 40% de medalhistas. Em Londres tinha sido 40% de resultados e 60% de medalhistas!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s