Canoagem slalom: A melhor tradução do que foram os Jogos

Ao comparar rapidamente minhas previsões para as Olimpíadas e o resultado final já é possível afirmar que a Grã-Bretanha foi o grande destaque e a Austrália a maior decepção. Um dos melhores exemplos disso é a canoagem slalom. Eu não tinha previsto nenhum pódio para os britânicos nesse esporte, mas eles dominaram o quadro de medalhas ao lado da Eslováquia. Já a Austrália, de quem eu esperava dois ouros, só ganhou um bronze.

clarke

A disputa na canoagem slalom foi equilibrada. Nenhum país ganhou mais de uma medalha de ouro. Eslováquia e Grã-Bretanha conquistaram um ouro e uma prata cada. O dos britânicos foi vencido por Joseph Clarke (foto) no caiaque individual. Já o favorito, o australiano Lucien Dalfour, não se classificou nem para a semifinal da prova.

O ouro dos eslovacos foi na canoa dupla, em que os irmãos Skantar superaram os favoritos, os franceses Klauss e Péché, terceiros colocados.

Além do caiaque individual masculino, a Austrália viu também um resultado aquém do esperado no feminino. Jessica Fox, prata em Londres-2012 e favorita ao ouro no Rio, ficou em terceiro lugar. A vencedora foi a espanhola Maialen Chourraut, de quem eu só esperava a prata.

Meu percentual de acertos na canoagem slalom foi baixo. Só acertei um resultado em 12 (a prata do esloveno Peter Kauzer no caiaque individual). Mas cravei metade dos medalhistas, a maioria nas posições erradas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s