Terceiro dia: acertei o primeiro pódio completo

Coube ao rúgbi feminino a honra de ser o esporte em que acertei o primeiro pódio completo: primeiro, segundo e terceiro lugares. O ouro ficou ficou com a Austrália, a prata com a Nova Zelândia e o bronze com o Canadá. Foi a mesma colocação da World Series deste ano. No geral meu percentual de acerto de resultados caiu para 24,2% e o de acertos de medalhistas subiu para 48,3%.

ginastica

Na foto acima a apresentação de Diego Hypolito na disputa da ginástica artística masculina por equipes, em que acertei o ouro do Japão e o bronze da China (foram as mesmas colocações no Mundial do ano passado). Na prata a Rússia ganhou o lugar que eu achei que seria da Grã-Bretanha.

Com o ouro da Rafaela Silva no judô o aproveitamento do Brasil agora está melhor do que eu esperava. Achava que a essa altura teríamos um ouro (no tiro esportivo) e um bronze (no judô), mas já estamos com um ouro, no judô, e uma prata, no tiro.

Tiro esportivo: A primeira medalhista

Saíram as primeiras medalhas das Olimpíadas, no tiro esportivo. Acertei que a chinesa Yi Siling ganharia medalha na carabina de ar 10m. Previ a prata, mas ela ficou só com o bronze. A vitória – uma zebra – foi da estadunidense Virgínia Thrasher. A favorita ao ouro, a sérvia Andréa Arsovic, nem se classificou para a final.

Comecei os Jogos com 33,3% de aproveitamento no acerto dos medalhistas e zero no de resultados.

Tiro esportivo: Ouro do Brasil ‘confirmado’

Veja aqui a previsão atualizada dos resultados do tiro esportivo na Rio-2016.

cao_2

A última atualização do ranking mundial do tiro esportivo antes das Olimpíadas saiu hoje e a liderança do paulista Felipe Wu na prova pistola de ar 10m está confirmada. Será o primeiro ouro do Brasil na modalidade desde 1920. O país que mais deve se destacar é a China, com três ouros – diferentemente do que aconteceu em Londres-2012, quando o líder do quadro de medalhas do tiro foi a Coreia do Sul.

A Croácia garantiu mais um bronze e empatou com a Ucrânia como a terceira melhor equipe (um ouro, uma prata e um bronze cada). Em segundo virá os EUA, com dois ouros.

Na foto de cima o chinês Cao Yifei, favorito ao ouro na carabina de ar 10m. 

Tiro esportivo – primeiro ouro do Brasil em 96 anos

Veja aqui a previsão de resultado do tiro esportivo na Rio-2016.

felipe-wu

A primeira medalha de ouro do Brasil na história das Olimpíadas foi conquistada no tiro esportivo por Guilherme Paraense em Antuérpia-1920. Mais de 90 anos depois o país voltará a ganhar um ouro nesse esporte. Felipe Wu assumiu este mês a liderança no ranking da pistola de ar 10m e se tornou favorito ao ouro na prova. Ele já esteve na liderança do ranking há alguns meses, saiu do top-3 e agora retorna à ponta. A última atualização das previsões do tiro esportivo antes dos Jogos será feita no dia 1o. de agosto.

O domínio na modalidade será da China, o que aconteceu pela última vez em Pequim-2008. Os chineses levarão três ouros, contra dois dos EUA. Em terceiro virá a Ucrânia, com um ouro, uma prata e um bronze.