Ginástica rítmica: Melhor nos últimos 3 anos, russa perde para a número 2

A russa Yana Kudryatseva dominou o último ciclo olímpico na ginástica rítmica. Foi tricampeã mundial de 2013 a 2015. Nos dois últimos Mundiais viu sua compatriota Margarita Mamun (foto) ficar com a medalha de prata. Mas na Rio-2016 o que eu não esperava aconteceu: Mamun se saiu melhor e conquistou o ouro, deixando Kudryatseva com a prata. O bronze foi da ucraniana Ganna Rizatdinova, como eu tinha apostado.

Gymnastics - Rhythmic - Olympics: Day 15

Outra surpresa na Rio-2016 foi que a Espanha conseguiu a prata na disputa por equipes e a Bulgária ficou com o bronze. Os meus favoritos eram Bielorrússia para a prata e Israel para o bronze. Ah, claro, o ouro foi da Rússia.

Meu desempenho no acerto de resultados foi bom: cravei os vencedores de duas das seis medalhas distribuídas. E acertei também outros dois medalhistas.

Saltos ornamentais: Dúvida é se China deixa algum ouro escapar

Veja a previsão dos resultados dos saltos ornamentais na Rio-2016.

CAO Yuan and QIN Kai Team CHN Gold medal Diving - Men's 3m synchronised springboard final Day 05 28/07/2015 XVI FINA World Championships Aquatics Swimming Kazan Tatarstan RUS July 24 - Aug. 9 2015 Photo Giorgio Perottino/Deepbluemedia/Insidefoto

Há oito medalhas de ouro em disputa nos saltos ornamentais. Quando começa a competição a dúvida é quantos dessas medalhas não irão para a China. Uma, duas ou três? Assim tem sido nas últimas quatro Olimpíadas, quando a disputa ganhou o formato atual. Os chineses sempre faturam de cinco a sete ouros. Este ano eles devem levar seis: vão deixar escapar um para o Canadá e outro para  a Itália.

Na foto acima a dupla chinesa formada por Cao YuanQin Kai, favorita na prova de trampolim sincronizado. Qin já conquistou essa prova nas duas últimas Olimpíadas com outros parceiros. Já Cao foi campeão em Londres-2012 na prova da plataforma sincronizada. 

Quem vem tendo mais sucesso em parar os chineses têm sido os russos: conseguiram três ouros desde Sydney-2000. Australianos e estadunidenses ganharam dois cada e a Grécia levou um.

A previsão foi baseada nos resultados da World Series deste ano e do Campeonato Mundial de 2015. Na prova do trampolim sincronizado feminino a dupla formada por Shi Tingmao e Wu Minxia é a atual campeã mundial, mas não disputou a World Series. Com isso fizeram pontos suficientes no ranking que criei para ganhar apenas o bronze, deixando o ouro para as italianas Tania Cagnotto e Francesa Dallapè.

Na plataforma sincronizada feminina aconteceu o mesmo. Chen Ruolin já conquistou três medalhas de ouro nas últimas duas Olimpíadas. Ela e a parceira Liu Huixia são as atuais campeãs mundiais, mas disputaram poucas etapas da World Series. A previsão para elas é de prata, enquanto o ouro fica para as canadenses Meaghan Benfeito e Roseline Fillion.

eua natacao

EUA são os melhores nos esportes aquáticos

Os EUA vencem a disputa na soma das medalhas de todos os esportes aquáticos (natação, nado sincronizado, polo aquático e saltos ornamentais). Eles vão conseguir dez medalhas de ouro (nove na natação e uma no polo aquático) e dez de prata, contra dez de ouro (todas na natação) e três de prata da Austrália. A China vem em terceiro lugar com sete ouros (seis nos saltos e um na natação).

Na foto acima a equipe estadunidense de natação, incluindo as estrelas Michael Phelps e Katie Ledecky.

Luta greco-romana: Cuba sobe, Irã desce

Veja a previsão dos resultados da luta greco-romana na Rio-2016.greco-roman_-_59kg_qualification-_ismael_borrero_cub_df._dicther_toro_col_by_tf_8-0b

O Irã dominou a luta greco-romana em Londres-2012 com três medalhas de ouro em seis categorias. Mas na Rio-2016 não deve passar de uma prata na categoria 98kg. O destaque em uma competição muito equilibrada será Cuba, com um ouro e uma prata.

O segundo melhor país da modalidade será a Ucrânia, com um ouro e dois bronzes. A Rússia, uma potência nas lutas, terá apenas o terceiro melhor desempenho, empatada com a Armênia (um ouro e um bronze).

Na foto acima o cubano Ismael Borrero, favorito na categoria 59kg, derruba um adversário.

Considerando as duas modalidades da luta (livre e greco-romana) o melhor país é o Japão, com três medalhas de ouro e uma de prata – todas da luta livre feminina. Um pouco atrás fica a Russia, com três de ouro e quatro de bronze, e os EUA (três ouros e um bronze).

Em Londres-2012 foi a Rússia que ficou à frente do Japão por duas medalhas de prata de vantagem.

Golfe: Torneio masculino desfigurado por ausências

Veja a previsão atualizada de resultados do golfe na Rio-2016:

OURO PRATA BRONZE
MASCULINO Henrik Stenson (SUE) Bubba Watson (EUA) Rickie Fowler (EUA)
FEMININO Lydia Ko (NZL) Brooke Henderson (CAN) Inbee Park (CDS)

henrik_stenson_getty

A maioria deles culpou o vírus zika, mas especula-se que os reais motivos vão da ausência de premiação ao calendário cheio. Acostumados com o rico mundo do golfe profissional, mais de 20 golfistas desistiram de participar da Rio-2016, inclusive os quatro primeiros colocados do ranking mundial.

Com a ausência do australiano Jason Day, dos estadunidenses Dustin Johnson e Jordan Spieth e do britânico Rory McIlroy, o ouro vai ficar com o sueco Henrik Stenson (foto), quinto colocado do ranking.

A prata e o bronze ficarão com dois competidores dos EUA: Bubba Watson e Rickie Fowler.

No torneio feminino, em que o glamour é menor, não haverá forfait. A neozelandesa Lydia Ko, favorita ao ouro, está confirmada, assim como a canadense Brooke Henderson e a sul-coreana Inbee Park, que completarão o pódio.

Ginástica de trampolim: Chineses agora vão mostrar o que sabem

Com a confirmação dos inscritos na ginástica de trampolim já se sabe que os atuais campeões mundiais, os chineses Li Dan e Gao Lei (foto), virão mesmo ao Rio. Será a segunda chance que terão de encantar os cariocas. Em abril vieram para o evento-teste, terminaram a primeira fase na liderança, mas na final ficaram em quinto e último lugares, respectivamente.

Trampoline WCh Odense/DEN 2015: GAO Lei/CHN

Na época a representante do feminino, Li Dan, disse que havia arriscado um movimento novo e por isso não tinha se saído tão bem. É preciso dar crédito à ginasta: ela já conquistou sete ouros em Mundiais.

Assim como a China ficará com os dois ouros, as duas pratas também irão para um mesmo país: a Bielorrússia. Tatsiana Piatrenia e Uladzislau Hancharou ficarão em segundo lugar.

No masculino o bronze será do russo Dmitrii Ushakov e no feminino da canadense Rosannagh MacLennan.

 

Ciclismo mountain bike: Ninguém fica de fora

Com a confirmação dos inscritos do mountain bike já se sabe que a dinamarquesa Annika Langvad (foto) finalmente poderá conquistar o ouro que escapou em Londres. Um mês e meio antes das Olimpíadas de 2012 ela sofreu uma queda em que fraturou as costelas e acabou ficando de fora da competição. Além de Langvad, são favoritas a formar o pódio a suíça Jolanda Neff e a polonesa Maja Wloszczowska.

langvad

No masculino o favorito é o suíço Nino Schurter, seguido pelos franceses Julien Absalon e Maxime Marotte.

Ciclismo BMX: Medalhistas confirmados

Os três primeiros colocados nos rankings masculino e feminino do BMX estão inscritos nas Olimpíadas. Assim os ouros serão mesmo do holandês Niek Kimmann (foto) e da atual campeã, a colombiana Mariana Pajón.

images (1)

As pratas ficarão com o estadunidense Nicholas Long e a australiana Caroline Buchanan. E os bronzes com o britânico Liam Phillips e com Alise Post, dos EUA.